Segundo Surto – Turismo em tempos de Internet

           Este assunto é muito amplo, que poderia discorrer sobre o tema, talvez até escrever um livro sobre isso, mas quero apenas pegar alguns pontos que são imprescindíveis nos dias de hoje, já que a Internet está presente no nosso cotidiano. Mas o que quero destacar aqui, é o quão atrasado o Brasil está neste assunto. Ainda engatinhamos neste território, e iniciativas isoladas ganham destaque, não pela sua originalidade, mas pela falta de incentivo que o turismo tem. O site da Embratur por exemplo, ao invés de instigar o turista estrangeiro, ou até mesmo local, confunde-o mais ainda. Afinal faz uma sub-divisão através de roteiros que pouco interagem entre si e não revelam informações importantissimas, como por exemplo os dados de cada região, como chegar, onde se hospedar, o que fazer, essenciais para o turismo. Este é o site que seria o cartão de visitas do nosso país, afinal é o orgão que o representa, por isso deveria ter uma funcionalidade muito maior.
           Agora temos que nos curvar aos hermanos argentinos em termos de e-marketing, o site
Welcome Argentina para mim é uma referência em se tratando de vender destino na internet. O site divide as regiões do país, apontando o que tem de melhor, com fotos, videos, além de mostrar os pontos túristicos, e informações básicas, como onde se hospedar, distancia entre a localidade e a capital Buenos Aires entre outras informações. Peguei apenas um exemplo, de um país vizinho, com uma quantidade pequena de atrativos naturais e que consegue receber uma quantidade considerável de turistas. Não mais que o Brasil, mas caminham para nos ultrapassar, devido ao aumento no número de visitantes nos últimos anos. Não quero dizer que este aumento se deva apenas ao uso da internet, mas em tempos globalizados como o nosso, a rede deixou de ser a muito tempo uma passatempo juvenil e virou assunto de gente grande.
           O que me deixa entristecido, é saber do potencial turístico que o nosso país possui, mas nossos governantes nada o fazem para usa-la a nosso favor. Acredito e defendo que o turismo na localidade deva ser a consequência e não o foco para atrair turistas, explicarei melhor. Os visitantes ideais seriam aqueles que veem a cidade por causa de sua estrutura, hospitalidade e atrativos construidos para satisfazer seus moradores. Não aquelas que constroem já visando os turistas e esquecendo das necessidades básicas da população.
           Constato que o nosso querido Brasil ainda tem um longo e dificil caminho a ser trilhado, mas com perseverança dos profissionais do trade, e a colaboração do governo para os assuntos burocráticos, conseguiremos transpor estas barreiras e transformar o Brasil e um polo turístico mundial.

Anúncios

Sobre thiagoboituva

Feito de frases de efeito, clichês e pieguisses em geral.

Publicado em 26 de abril de 2010, em Sem categoria, Turismo e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. 3 Comentários.

  1. Poxa nem me fala…em partes, foi o que discuti na minha monografia. É coisa de louco como engatinhamos, não só no turismo propriamente dito, como nas ferramentas para o desenvolvimento desta atividade que poderia ser melhor explorada em nosso país.

  2. Muito bom o texto. Parabéns!
    Acho que falta muito para o Brasil ser potência turística mundial, mas chegaremos lá!

  3. Falando um pouco sobre a Argentina eu já havia reparado um tempo atrás que o próprio site do Governo Argentino tem um visual muito clean e fácil de navegar… http://www.argentina.gov.ar/argentina/portal/paginas.dhtml?pagina=356

    Talvez a culpa aqui esteja mais no nosso governo e sua política DIFÍCIL de contratação de empresas/agências sérias para fazer um site decente… essas licitações impõe milhares de regras e no final sempre fica a suspeita sobre o vencedor…
    Eu mesmo em agência participei de dois processos, um era do Acessa São Paulo (com a participação da USP) cujo processo nunca terminava e um outro que após me falarem que a verba para gastar era de pouco menos de 100.000 reais depois de tudo teve como vencedor um tal de Nizan Guanaes… imagina qto q nao gastaram???

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: